Cint(inh)o

Leia-se: cinto fino na cintura!

O objectivo é marcar a cintura, aproximar-se do corpo tipo ampulheta e conseguir, assim, um look mais feminino.

As opções? São várias:

  • Exagerar o contraste (como na imagem acima), criando volume em cima e em baixo, definindo, por contraste, a cintura;
  • Por cima de um top, camisola ou cardigan, dando um toque criativo ao look total;
  • Em cima de casacos, como blazer ou parker;
  • Por cima de casacões – opção muito vista nas runways para este Inverno, em especial no desfile da Burberrys -, para dar um toque de classe, criando a referida silhueta ampulheta.

Os cintos:

De camurça, cabedal, metalizados ou elásticos, simples ou com pormenores, da mesma tonalidade ou em cor contrastante. Vale tudo, desde que seja fino!

Num estilo mais casual ou mais formal, resta sermos criativas. Experimentar, arriscar e, se gostarmos, “sair à rua”!

MAS,

 Please

Se tem a cintura pouco definida, ou uma barriga mais proeminente, é preciso cuidado com este acessório para não realçar estes aspectos.

Solução: Nestes casos, para atingir o objectivo pretendido, devem tentar criar um “contraste” de volumes acima e abaixo do cinto ( por exemplo: peças estruturadas ou simplesmente mais folgadas) e optar por um cinto da mesma tonalidade da peça sobre o qual o colocam.

Inté

7 thoughts on “Cint(inh)o

  1. Pensei que este inverno 12 os cintos ficavam por casa, gostei das dicas… vou meter os meus á rua… bom trabalho :)))

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s